google for work - segurança

O Google anunciou nesta sexta-feira um novo recurso “Minha Conta”, que reúne em um só lugar todas as principais opções de segurança e privacidade dos usuários. Com isso, as permissões e configurações tornam-se mais facilmente visíveis e alteráveis.

— É um passo importante que o Google está dando no intuito de oferecer ao usuário mais controle sobre suas informações — explica Rodrigo Paiva, gerente de projetos do Google que integra a equipe de segurança da empresa em Mountain View. — Na página “Minha Conta”, pode-se ajustar as configurações de vários produtos e serviços, como busca, mapas, dispositivos, YouTube e anúncios. É possível também ao usuário fazer verificações imediatas de segurança e privacidade em sua conta.

A novidade já está disponível a todos os usuários Google, com a página sendo exibida no idioma preferencial configurado para cada conta. O endereço é <https://myaccount.google.com>.

As configurações de segurança incluem informações para recuperação de acesso, para o caso de haver atividades incomuns na conta ou se o usuário acidentalmente bloqueou seu próprio acesso.

Em seguida são exibidos todos os dispositivos conectados à conta do usuário e ele poderá analisar e identificar se algum desses dispositivos lhe parecer estranho, o que pode significar que está havendo acesso não autorizado à conta.

O passo seguinte é a verificação das permissões da conta, em que são analisados os aplicativos, websites conectados a ela, de modo a checar se o usuário reconhece, usa e confia em todos eles, podendo revogar acessos, caso necessário.

A próxima etapa é a configuração dos endereços de encaminhamento do Gmail, com o oferecimento de um link adicional para configurações mais detalhadas do correio eletrônico do Google.

Na verificação de privacidade, é apresentado o perfil do usuário no Google+, abrangendo configurações de comunidades, fotos e vídeos e recomendações compartilhadas. A etapa que se segue é a configuração da experiência no Google, incluindo atividade na web, nos apps, históricos de busca e exibição no YouTube, histórico de localização, informações do dispositivo e atividade de voz e áudio. E a última verificação refere-se à configuração da relevância de anúncios, com um link externo sendo oferecido.

PERGUNTAS E RESPOSTAS

Segundo Paiva, a nova forma mais simplificada de controle das contas foi fruto tanto do feedback dos usuários quanto do processo natural interno de melhoramento dos serviços.

A iniciativa terá ainda um segundo passo, também visando a esclarecer a base de usuários.

— Na segunda-feira, 1º de junho, lançaremos um portal com as perguntas e respostas mais comuns nas áreas de privacidade e segurança do Google. Isso ajudará os usuários a entender melhor essas questões — informa Paiva.

VERIFICAÇÃO EM DUAS ETAPAS

Uma das mais poderosas ferramentas de segurança do Google é a “Verificação em Duas Etapas”, em que, além da senha, o usuário precisa informar um número de seis algarismos que lhe é enviado ou via SMS (mensagem de texto no celular) ou por meio de um aplicativo específico denominado “Authenticator” que funciona em um único celular de cada vez.

A funcionalidade pode ser acessada em <https://www.google.com/landing/2step/>. Apesar de poderoso, porém, este recurso ainda está longe de se tornar comum entre os usuários.

— A maioria dos usuários Google ainda não utiliza a Verificação em Duas Etapas — reconhece Paiva.

FIM DAS NOTIFICAÇÕES VIA SMS NA AGENDA

A empresa também anunciou nesta sexta-feira via e-mail que, a partir de 27 de junho, notificações via SMS de compromissos de agenda do Google Calendar (Google Agenda) não serão mais enviadas.

“Notificações via SMS foram lançadas antes dos smartphones se tornarem disponíveis. Agora, em um mundo com smartphones e notificações, você pode vivenciar uma experiência mais rica e confiável em seu dispositivo móvel, mesmo off-line”, diz o e-mail.

Depois da data estipulada, para receber notificações em seu dispositivo, o usuário deve configurar o app de agenda ou instalar o Google Calendar para Android ou iPhone. Mas o comunicado esclarece que esta mudança específica não afetará os produtos Google Drive for Work, Google Apps for Work (edição paga), nem clientes americanos nas áreas de educação e governo.

Publicado em http://oglobo.globo.com/sociedade/tecnologia/google-simplifica-gerenciamento-de-opcoes-de-seguranca-privacidade-16301373#ixzz3bYzsKmXc